revista NT

Mais Soja em 2014

Oferta global de soja e milho cresce. No Brasil, aumenta o produção da oleaginosa e o milho recua ligeiramente.

Leia a edição completa

Editorial

O Brasil é o maior exportador de carne de frangos, um dos maiores em carne suína, líder em carne bovina e entre os seis principais fornecedores de leite do mundo. À luz do cenário atual, essas estatísticas significam muito mais do que fatos a nos orgulhar.

No momento em que se discute o crescimento da oferta de proteínas animais, com sustentabilidade, para atender à crescente demanda global, nosso país surge com um dos principais players do mercado.

Uma feliz composição de fatores ajuda a explicar a força do Brasil em produção animal, bem como a enorme expectativa depositada sobre o país no futuro próximo.

Para começar, a privilegiada localização geográfica possibilita a combinação de luz, clima e ambiente propícios – para não dizer perfeitos – para o agronegócio. Adicionalmente, há água em quantidade mais que suficiente e um fator extra indiscutível: a vocação rural do brasileiro.Nesse cenário, junta-se um atributo cada vez mais importante quando se fala em produção animal com qualidade e produtividade: tecnologia e inovação.

O Brasil chegou ao ponto em que está pela competência dos seus técnicos e o tino empreendedor dos seus empresários rurais.Impelida a cumprir o seu papel, a indústria de insumos dá sua contribuição, ajudando o país a avançar, passo a passo, ano após ano. É indiscutível o melhoramento dos indicadores de eficiência, devido, particularmente, ao pesado investimento das empresas ligadas à cadeia da produção animal.

A Cargill Alimentos - Nutron e os parceiros da NFT Alliance conjugam dos mesmos valores. Acreditamos no Brasil e, mais do que isso, não medimos esforços para somar, colocando à disposição dos produtores ferramentas que possibilitam a obtenção de ganhos seguidos. Isso significa mais tecnologia, representa mais e melhores resultados produtivos.
Tais resultados impulsionam os negócios nas granjas e fazendas brasileiras, o que contribui para ajudar o país a bater recordes seguidos de produção e exportação.
Na prática, isso representa um ciclo virtuoso que coloca o Brasil no patamar mais elevado do pódium global. Em 1990, o país tinha superávit de US$ 13 bilhões na balança comercial do agronegócio. Em 2011, esse resultado subiu para US$ 73 bilhões e, no ano passado, ultrapassou a barreira dos US$ 82 bilhões. Isso é eficiência e nos orgulhamos de fazer a nossa parte e estar ao lado do produtor na luta diária para a oferta de alimentos de qualidade superior, sem esquecer o necessário resultado econômico.

Continuem contando conosco.

edição completa

Leia a edição completa e mantenha sua coleção com a estante digital da Revista NT

A estante digital da Revista NT reúne todas as edições lançadas na ponta so seu mouse para ler e consultar sempre que quiser.

Baixe a Estante Digital da Revista NT

Prefere ler no seu dipositivo móvel?

Versão mobile

ou clique aqui e baixe o arquivo PDF

todas as edições

Acompanhe
Clique e compartilhe