Programa formação de jovens lideranças cooperativas

O programa de formação para jovens lideranças cooperativistas desenvolvido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop), atende jovens entre 16 e 30 anos, cursando ou com ensino médio concluído e que pertença a uma cooperativa ou resida em um comunidade próxima a cooperativa.

O programa tem como objetivos fomentar estratégias de gestão de cooperativa e viabilizar alternativas de sucessão nessas organizações, garantindo a continuidade e o fortalecimento do sistema; desenvolver nos alunos habilidades e competências que os conscientizem a respeito da importância de se organizar por meio do cooperativismo.

Alem disso, objetiva também despertar o interesse pelo negócio cooperativo, bem como capacitar os jovens para gerir esse negócio de forma competitiva, exercendo o seu papel de liderança no processo e que os jovens líderes tenham clareza a respeito da importância de seu papel na organização cooperativa, habilitando-os a integrar, inspirar e desenvolver pessoas e equipes.

Para participar do programa o jovem deve passar por um processo seletivo com entrevista individual com o responsável pelo Programa e realizar um teste de Língua Portuguesa e de Redação sobre um tema relativo ao papel e a importância da jovem liderança no cenário cooperativista.

Anterior à implantação do Programa, será necessária a verificação de itens essenciais à realização do mesmo (infraestrutura da cooperativa, recursos didáticos, público-alvo etc). Esse levantamento será realizado por um técnico da unidade nacional do Sescoop junto à respectiva unidade estadual, em visita técnica que identificará:

  • Alianças estratégicas: quais as entidades, regionais ou nacionais, poderão ser parceiras na execução do projeto;
  • Público-alvo: quantos jovens serão beneficiados e se o perfil desses jovens atende aos requisitos do programa;
  • Data de realização: quando será ministrado o programa;
  • Infraestrutura: verificação da infraestrutura disponível para execução do programa no período proposto, incluindo as condições dassalas de aula e a existência dos r ecursos didáticos necessários;

Divulgação: realização de uma ação, junto à unidade estadual e à cooperativa envolvida, visando “marcar” o início do Programa. Essa ação terá o apoio da Gerência de Comunicação da unidade nacional. O programa, que tem 290 horas/aula, é dividido em quatro etapas que englobam conteúdo Teórico, vivência, estratégias ao sair do programa e acompanhamento do jovem.

A conclusão com sucesso de todas as fases do programa pode resultar em convênios/parcerias/alianças com instituições de ensino superior (IES), iniciativa privada e organizações cooperativas para o desenvolvimento de estágios e atividades práticas.

Acompanhe
Clique e compartilhe