Salvador recebe a segunda etapa do Circuito Feicorte NFT 2012

É hoje, acompanhe o evento!

A capital do Estado da Bahia foi escolhida para integrar o projeto inovador da pecuária nacional.

Salvador será palco, nos dias 21 e 22 de março, da segunda etapa do Circuito Feicorte NFT 2012. As inscrições já estão abertas para produtores, profissionais e visitantes participarem do evento, que acontece no Hotel Pestana.

Realizado pela Feicorte (maior evento indoor da cadeia pecuária de corte do mundo e principal vitrine do setor) em parceria com a NFT Alliance (aliança de marketing cooperativado do agronegócio) e com apoio do SEAGRI (Secretaria de Agricultura, Irrigação e Reforma Agrária do Estado da Bahia) e da FAEB (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia), o projeto tem como objetivo levar toda a referência em qualidade, pesquisa, tecnologia, equipamentos, produtos e serviços da Feicorte e NFT Alliance para as regiões dos principais pólos de produção de gado de corte, onde estão concentrados mais de 55% do total de cabeças. O evento tem o patrocínio Master da MSD Saúde Animal, Nutron Alimentos, Dow AgroSciences, Banco Original, Serrana e Programa Leilões e apoio das principais associações do setor. O Canal Rural é a mídia apoiadora do evento.

O Circuito Feicorte NFT 2012 também visa gerar novos negócios dentro do universo da bovinocultura, disseminar conhecimento e conteúdo sobre este mercado e dar passos largos em direção a inovação dentro do mercado de carne bovina.

Sob o formato de feira de negócios, com workshops para discussões dos principais temas relativos ao mercado, o Circuito Feicorte NFT 2012 vai reunir em Salvador, técnicos, empresários e pessoas ligadas a este segmento, promovendo relacionamento e integração entre os participantes e expositores e oportunidades de negócios.

 

“Esperamos mais de 1500 visitantes nos dois dias de realização. Criamos uma feira de negócios em que 30 estandes permitem a exposição de produtos e serviços e o relacionamento com clientes e prospecções nas regiões onde se concentram a produção de bovinos de corte no Brasil”, explica Carla Tuccilio, gerente do Agrocentro – que realiza a Feicorte.

 

Destaque do Circuito Feicorte NFT 2012 é o Congresso Internacional de Bovinocultura de Corte, que encerrará sua programação no Espaço Carne (que acontece dentro da Feicorte, em junho, em São Paulo) com apresentações de trabalhos científicos e mesas de discussões sobre a produção de bovinos de corte, com os maiores nomes do mundo especialistas neste segmento.

 

“Não existe no Brasil um projeto como este. O Circuito Feicorte NFT 2012 é pioneiro e temos como missão principal, inserir o evento no calendário oficial do agronegócio brasileiro, como uma das referências nacionais no que diz respeito a disseminação de conhecimento, estratégia, e produção de carne bovina no Brasil. Queremos ser complementares à riqueza que o Brasil já tem e produz”, afirma Alessandro Roppa, gerente de marketing da NFT Alliance.

 

O Circuito Feicorte NFT 2012, que teve início em Cuiabá (MT), depois de Salvador ainda passa por Goiânia (GO) nos dias 18 e 19 de abril e Campo Grande (MS) nos dias 22 e 23 de maio. O Circuito encerra sua edição na Feicorte, em São Paulo, de 11 a 15 de junho.

Bahia quer expandir rebanho

A Bahia, que recebe a segunda etapa do Circuito Feicorte NFT 2012, tem um rebanho bovino de quase 11 milhões de cabeças. Segundo o secretário estadual de Agricultura, Irrigação e Reforma Agrária, Eduardo Salles, o Estado tem todas as condições para expandir ainda mais esse rebanho. “Estamos estruturando a cadeia da carne. Criamos uma planta padrão para construção de frigoríficos abatedouros; desenvolvemos e estamos executando o projeto de descentralização do abate; estamos construindo 23 frigoríficos que vão se somar aos 30 já existentes, e acabamos de lançar o programa de entrepostos frigoríficos”, disse.

Salles afirmou que a realização do Circuito Feicorte NFT 2012 na Bahia é uma oportunidade para mostrar as vantagens de investimento no Estado, que possui uma das melhores agências de defesa agropecuária do País. “Há mais de 12 anos não registramos nenhum caso de aftosa; conseguimos com o Ministério da Agricultura a extinção da Zona Tampão, e passamos a imunizar apenas animais com até 24 meses na segunda etapa da vacinação”, lembrou.

Confira aqui a programação do workshop!

Acompanhe
Clique e compartilhe