Nutron: 21 anos de agronegócio, 21 anos de sucesso

  • Publicado em
  • Categoria

    Agronegócio

  • Oferecimento

Nos últimos anos, o Brasil passou de importador para exportador de produtos agrícolas. Quebras de recorde referentes à produtividade em diversos segmentos, avanço tecnológico e eficiência no campo foram alguns dos motivos que conduziram o País ao status atual, ou seja, com um mercado agro que colabora para a economia e traz grande contribuição para a sociedade. No entanto, sabemos que esse caminho não surgiu de uma hora para a outra.

O agronegócio brasileiro passou a ter vontade de superar outros países, que também prezavam pela eficiência. Enfrentou – e ainda enfrenta – batalhas diárias pela conquista de direitos e programas de incentivo. E, sobretudo, cada produtor buscou se adaptar, cada vez mais, à atividade adequada para a sua capacidade e região onde atua.

Em 16 de janeiro desse ano, a Nutron completou 21 anos de história. Além de seu aniversário, a empresa comemora o fato de ter sido constituída ao mesmo tempo que essas importantes mudanças de produção e de produtividade começaram a exigir mais competência dos produtores. As normas de transparência na produção, de segurança alimentar, de bem-estar animal e de sustentabilidade vão ao encontro dos ideais determinados por seus fundadores, bem como em busca da constante atualização.

“Desde o início tínhamos muito claro que, para obtermos uma posição de destaque nesse cenário, precisaríamos entender o produtor e procurar superar suas expectativas. Logicamente, o conhecimento teria que ser o principal propulsor de progresso da empresa, combinado ao talento profissional, para fazer chegar aos clientes o que entendíamos como tecnologia diferenciada”, conta o Diretor Global de Contas Estratégicas da Cargill, Mário Penz.

No Brasil, entre 25 e 30 milhões de pessoas trabalham, direta ou indiretamente, no agronegócio. Isso representa 50% da população envolvida no setor agrícola, que é responsável por alimentar não somente o nosso Brasil, mas também praticamente todos os países do mundo. A Nutron, por sua vez, sempre esteve envolvida e participa ativamente do sucesso desses ideais de produzir alimentos. Com os melhores técnicos – preparados para pensar diferente – e compreendendo sua responsabilidade na cadeia alimentar, a empresa construiu uma base de conhecimento única, reconhecida mundialmente, partindo do pressuposto de que o aprendizado nunca deve ser limitado.

Este artigo está na edição 24 da Revista NT. Leia na íntegra aqui.

Acompanhe
Clique e compartilhe